segunda-feira, 3 de outubro de 2011

image
E a primavera havia chegado, as flores desabrocharam, revelando seu colorido insano e os pássaros cantavam felizes.
E lá estava ela, junto ao seu anjo, deitados na grama molhada pela neve, derretida pelos raios do sol.
- E com o inverno, partirei - disse o anjo.
E então as lágrimas começaram a rolar pelo rosto dela, ela sabia o “adeus”, um dia chegaria.
-Oh! Não chores, minha pequena - disse o anjo, retirando uma mecha de seu cabelo de seu rosto - Vê-la chorar é como sentir uma faca afiada cortando meu coração.
-Tu voltarás? - soluçou ela.
-Ouça - disse o anjo, pegando a mão dela e colocando em seu peito - Sente esse coração? Tu o roubaste de mim, ficarás com ele.
E os olhos dela, encharcados pelas lágrimas, encontraram-se com os do anjo, transformando-se em um beijo.
- Por que ainda choras, pequena? - perguntou o anjo - Um dia voltarei, tens meu coração como prova disso.
E assim, o anjo partiu.
Sabrina Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário